Visitantes são flagradas tentando entrar com droga e celular na UP da Cidade Ocidental

Os ilícitos estavam escondidos nas partes íntimas das mulheres; a direção do local colocou os materais à disposição das autoridades competentes para as devidas providências

154

 

Servidores da Unidade Prisional (UP) da Cidade Ocidental, pertencente à 3ª Regional Prisional Entorno da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), interceptaram a entrada de 100 gramas de maconha e um celular na unidade, nesta terça-feira, 14/05. Os materiais estavam escondidos nas partes íntimas das mulheres que tentavam adentrar ao presídio em dia de visita de familiares aos reeducandos do local.

De acordo com o Supervisor de Segurança, Flávio Nascimento, os agentes plantonistas realizavam procedimentos de revistas pessoas, ocasião em que as mulheres demonstraram nervosismo. Segundo ele, inicialmente as visitantes negaram estar portando qualquer tipo de ilícito, mas, durante os procedimentos de revistas pessoais, ficou comprovada a posse dos materiais.

As mulheres, o celular e a porção de maconha foram encaminhados à delegacia da cidade, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante das visitantes.

O rigor estabelecido durante procedimentos de revistas vai ao encontro das diretrizes de eficiência abordadas pelo Governo de Goiás, em consonância com políticas estabelecidas pela Secretaria de Segurança Pública e pela DGAP. “A forma como os trabalhos são realizados, sempre com bastante comprometimento das equipes, resulta no aumento da segurança no ambiente carcerário”, ressalta Nascimento.

A direção da unidade colocou os entorpecentes e o eletrônico à disposição das autoridades competentes para as devidas providências. Internamente, a administração abriu procedimento para aplicação de sanções aos destinatários dos ilícitos encontrados, em conformidade com a Lei de Execução Penal.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776