Visitante é flagrada ao tentar adentrar a UP de Planaltina com drogas, celulares e acessórios para os eletrônicos

Uma jovem de 26 anos chegou ao local para visitar seu companheiro que cumpre pena no presídio com base no artigo 157 do Código Penal Brasileiro

614

Uma jovem de 26 anos foi flagrada ao tentar adentrar a Unidade Prisional (UP) de Planaltina com dois celulares, dois chips de operadoras, um cabo USB, uma bateria para os eletrônicos e porções de drogas, na manhã desta quinta-feira, 02/01. Os objetos estavam escondidos nas partes íntimas da mulher que chegou ao local para visitar seu companheiro que cumpre pena no presídio com base no artigo 157 do Código Penal Brasileiro.

Segundo a 8ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), dentre as atitudes que levantaram suspeitas, a visitante demonstrou bastante nervosismo no momento em que era realizada a revista pessoal, procedimento padrão obrigatório antes do acesso de visitantes aos seus familiares presos.

Diante da suspeita, a mulher foi conduzida à Unidade Prisional Especial de Planaltina para uma minuciosa revista, passando pelo Boddy Scanner, instalado no local, quando foram identificados os ilícitos. De imediato, ela foi conduzida à unidade de saúde para a confecção do laudo médico e em seguida encaminhada à Delegacia de Polícia do município onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

Procedimentos administrativos internos foram aberto para apuração do fato e, após averiguações, serão aplicadas ao destinatário dos ilícitos as devidas sanções disciplinares em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP). Os materiais foram colocados à disposição das autoridades competentes para os devidos fins.  O flagrante é resultado do rigor aplicado com procedimentos operacionais penitenciários, sendo esta uma das principais determinações do Governo do Estado à DGAP.

Fotos:DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62)3201-4726