Trabalhos realizados por detentos garantem melhorias em colégio de Palmeiras de Goiás

Detentos envolvidos na execução dos serviços contam com remição da pena, em conformidade com a legislação

192

 

Dois reeducandos da Unidade Prisional (UP) de Palmeiras de Goiás, pertencente à 5ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), realizam serviços de pintura, limpeza e manutenção interna e externa do Colégio Militar instalado na cidade. Os labores, que iniciaram no dia 01/10, terão duração de aproximadamente 30 dias.

De acordo com o coordenador Regional Prisional, Eder Coelho, essa é mais uma das ações ativas na UP que garantem um retorno para a sociedade, além de auxiliar na ressocialização dos custodiados. “Conseguimos uma admiração grande por parte da sociedade em razão dos trabalhos dos apenados. Assim, a comunidade conta com a oportunidade de observar os investimentos aplicados pelo Estado na área de Reintegração Social”, disse.

Além da remuneração, em conformidade com a legislação vigente, os dois detentos, que trabalham de segunda a sexta-feira, são beneficiados com a remição da pena em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP). “Ressalta-se que todos os detentos cumprem os requisitos normativos para a realização dos trabalhos e têm autorização judicial para os labores”, frisa.

A ressocialização aplicada nas ações da UP visa atender diretrizes instituídas pelo Governo do Estado em consonância com a DGAP para diminuição da reincidência criminal daqueles que já cumprem pena.

Dentre as atividades desenvolvidas pelos custodiados em outras oportunidades, já foram feitas revitalizações de creches, do parque de exposição da cidade, limpeza de lotes baldios e manutenção do cemitério municipal. Os trabalhos são executados em parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público e Prefeitura de Palmeiras de Goiás.

Fotos: DGAP

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776