Servidores plantonistas evitam a entrada de um quilo de substância aparentemente maconha na UPR de Quirinópolis

O suspeito de ter realizado o lançamento do entorpecente conseguiu fugir do local sem ser identificado; Procedimentos Administrativos internos foram abertos para apuração do fato

149

Servidores plantonistas da Unidade Prisional Regional (UPR) de Quirinópolis interceptaram a entrada de um quilo de substância aparentemente maconha, no presídio, na noite desta quarta-feira, 25/03. O suspeito de ter realizado o arremesso conseguiu fugir sem ser identificado.

Segundo a 6ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciaria (DGAP), os itens foram lançados por cima do muro do local sentido ao pátio do banho de sol de uma das alas do presídio, onde presos cumprem pena por diversos crimes, dentre eles homicídio e roubo.

Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração do ocorrido e aplicação das sanções disciplinares aos possíveis destinatários dos entorpecentes, conforme determina a Lei de Execução Penal (LEP). A direção da UPR encaminhou o entorpecente à Delegacia de Polícia Civil do município para providências necessárias.

As atividades penitenciárias realizadas de forma rigorosa é uma determinação da Secretaria de Segurança Pública e Governo do Estado para a administração penitenciária.

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial