Servidores interceptam a entrada de drogas na UP de Aragarças

303

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Aragarças, pertencente à 5ª Regional Prisional Centro-Oeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram que três visitantes adentrassem ao presídio portando drogas, nesta quarta-feira, 12/06. Ao todo, foram apreendidos 230 gramas de maconha, 24 gramas de cocaína e 37 comprimidos de LSD.

Segundo o diretor da UP, Cristiano Gomes, as interceptações ocorreram devido o rigor nos procedimentos operacionais e o comprometimento realizado pelos agentes plantonistas nas observações minuciosas, especialmente após denúncias anônimas de que haveria a tentativa frustrada.

A primeira interceptação ocorreu por volta das 09h 40 minutos, quando a visitante de 29 anos que é esposa de um dos apenados do local tentou adentrar com 86 gramas de maconha e um papel LSD, que totalizando resultam em 25 pequenos quadrados. Ocasião em que a visitante, inicialmente, negou a prática do ato. Contudo, porém ao ser encaminhada ao hospital municipal para a realização do exame de raio X foram identificados os ilícitos.

Diante dos fatos, imediatamente, os servidores deram prosseguimento nas devidas providências e conduziram a mulher à delegacia onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

Segunda interceptação

A segunda apreensão ocorreu 10 minutos após a primeira, ocasião em que uma visitante também com 29 anos tentou acessar ao interior do presídio com 144 gramas de maconha, 24 gramas de cocaína e 12 comprimidos de ecstasy.

Inicialmente, ela negou a prática do ato, momento em que foi conduzida para a realização do exame de raio X. Mediante comprovação, pelo aparelho, a visitante foi conduzida à delegacia para as devidas providências, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

Terceira apreensão

Servidores evitaram a terceira tentativa, no mesmo dia, no momento em que realizaram procedimento de revista pessoal em um homem que estava no local para visitar o irmão que cumpre pena com base no artigo 163 do Código Penal Brasileiro. Ocasião em que foram encontrados escondidos nas roupas que ele vestia dois pedaços de papel de LSD, totalizando 25 quadrados. Ao ser indagado sobre o fato ocorrido, o homem de 19 anos assumiu a prática do crime.
Diante dos fatos, ele também foi encaminhado para a realização do laudo médico e, em seguida, conduzido à delegacia, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

A direção da unidade abriu procedimentos administrativos internos para apuração dos casos e após averiguações serão aplicadas as devidas sanções penais em conformidade com a lei de execução penal.

As interceptações são resultado de medidas instituidas por diretrizes do Governo do Estado em Consonância com a Secretaria de Segurança Pública e a DGAP para garantir melhorias no sistema prisional goiano.

Fotos:DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776