Servidores interceptam a entrada de drogas, celulares, acessórios para eletrônicos e chips de telefonia móvel em Goiatuba

Um menor de idade arremessou uma garrafa pet com 60 gramas de cocaína, 15 gramas de maconha, 12 celulares, nove carregadores, três fones de ouvido e seis chips de telefonia

87

 

 

 

Uma equipe plantonista da Unidade Prisional (UP) de Goiatuba, pertencente à 4ª Regional Prisional Sudeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), interceptaram a entrada de 60 gramas de cocaína, 15 gramas de maconha, 12 celulares, nove carregadores de bateria, três fones de ouvido e seis chips de operadoras no presídio, na madrugada deste domingo, 09/06. Um menor de idade, 16 anos, arremessou os objetos por cima do muro do local utilizando uma garrafa pet.

De acordo com o diretor da UP, Juliano Galdino, a interceptação ocorreu graças ao rigor nos procedimentos operacionais por meio da monitoração e rondas realizadas pelos servidores durante os plantões.

Diante dos fatos, a direção deu prosseguimento às medidas cabíveis em conformidade com a lei e acionou o conselho tutelar, além de encaminhar o adolescente para a confecção do laudo médico e o conduziram à Delegacia de Polícia Civil para as providências legais.

A direção da UP colocou os materiais à disposição das autoridades policiais para os fins necessários. Procedimentos administrativos internos foram abertos para averiguação do fato e a aplicação das sanções legais aos possíveis destinatários do material que foi arremessado.

O comprometimento com rigor nos procedimentos junto com a eficiência e engajamento dos servidores compõem um conjunto de diretrizes governamentais instituídas pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a DGAP, que visam melhorias no sistema prisional goiano.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776