Servidores flagram tentativa de entrada de visitante com documentação adulterada em Santa Helena de Goiás

A visitante que é menor de idade tentava adentrar ao presídio com documentação adulterada com a intenção de visitar um dos reeducandos do local

149

 

Servidores da Unidade Prisional de Santa Helena de Goiás, pertencente à 6ª Regional Prisional Sudoeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de visitante com documentação adulterada no presídio, nesta quarta-feira, 08/05. A visitante que é menor de idade tentava adentrar ao local usando a documentação com dados da irmã de um dos reeducandos.

De acordo com o diretor da UP, Cledmilson Rodrigues, após denúncia anônima, os servidores intensificaram o procedimento de verificação cadastral, ocasião em que identificaram que a menor estava utilizando os dados da irmã de um dos detentos.

Após ser indagada sobre o fato, a adolescente confirmou que trocou apenas a foto do documento de identidade da cunhad, a qual é legalmente cadastrada com a intensão de visitar o pai de seu filho.

De imediato, os agentes iniciaram procedimentos baseados na Lei de Execução Penal e acionaram o conselho tutelar para as devidas providências.

“A rigidez ao realizar o cadastro dos familiares do reeducando, observando com cautela a documentação e checando todos os sistemas disponíveis para evitar qualquer tipo de fraude, resulta em uma maior segurança para a sociedade e principalmente dentro do ambiente carcerário”, ressalta Vildebal Alves, diretor da 6ª Regional.

A direção do presídio que conduziu a menor junto com sua responsável legal à delegacia da cidade para os devidos cuidados, suspendeu o cadastro da irmã do custodiado, a qual teve o registro utilizado pela menor, por tempo indeterminado.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776