Servidores evitam fuga de presos na UP de Ceres

Três custodiados assumiram ter feito um buraco na laje da cela com pedaços retirados da estrutura de uma cama da cela

71

 

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Ceres, pertencente à 7ª Regional Prisional Norte da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram uma possível fuga de presos, nesta segunda-feira, 03/06. Três custodiados, que cumprem pena com base no artigo 217 do Código Penal Brasileiro, assumiram a autoria da perfuração do buraco na laje de uma das celas do presídio.

De acordo com o diretor da UP, Anderson Oliveira, a frustração ocorreu durante a chamada de conferência para a passagem de plantão, ocasião em que os servidores visualizaram o buraco na laje e os possíveis objetos utilizados para a perfuração. De imediato, os agentes plantonistas iniciaram procedimentos padrões e retiraram os detentos do local para que reparos fossem feitos na cela.

Diante dos fatos, três custodiados assumiram a autoria da perfuração alegando que pretendiam fugir e que utilizaram vergalhões retirados da estrutura de uma das camas da cela para auxiliar no feito.

O rigor dos procedimentos realizados na UP compõe uma série de diretrizes impostas pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a DGAP, que visam garantir uma maior segurança em ambientes prisionais. “O monitoramento dos servidores que elaboram trabalhos na guarita foi crucial para impedir a fuga, comprovado pelas alegações dos presos onde confirmam que em todo momento noturno eficientemente ficaram sobre a carceragem realizando de forma eficiente a ronda no local” ressalta, Oliveira.

A direção da unidade abriu procedimentos administrativos internos para averiguação do fato ocorrido e aplicar as devidas sanções penais em conformidade com a Lei de Execução Penal. Reparos já foram realizados no local.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776