Servidores evitam a entrada de drogas no Presídio Estadual de Anápolis

Visitante tentou adentrar ao local com maconha escondida nas partes íntimas

223

 

Servidores do Presídio Estadual de Anápolis, pertencente à 9ª Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de aproximadamente 220 gramas de maconha na unidade, nesta quinta-feira, 18/04. A droga estava escondida nas partes íntimas de uma mulher que tentava adentrar ao presídio em dia de visita dos familiares aos reeducandos do local.

De acordo com o diretor regional, Eduardo Carneiro, ao realizar o procedimento de revista pessoal, com equipamento de scanner corporal, os agentes plantonistas identificaram a presença de um corpo estranho. De imediato, os servidores indagaram a visitante sobre a posse dos ilícitos, ocasião em que ela assumiu a prática do crime.

A mulher, que retirou a droga em um local apropriado, foi conduzida à delegacia da cidade, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

O rigor estabelecido nos procedimentos realizados dentro de ambientes carcerários pelos servidores faz parte de medidas instituídas por meio de diretrizes que resultam em melhoria para a segurança penitenciária. Essas ações vão ao encontro das políticas de gestão do Governo de Goiás, em consonância com o trabalho executado pela Secretaria de Segurança Pública e a pela DGAP.

A direção da unidade, que realizará procedimentos administrativos internos para averiguação do fato ocorrido, colocou a droga à disposição das autoridades competentes para as devidas providências.

Foto: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776