Servidores evitam a entrada de drogas na Unidade Prisional de Ipameri

Uma mulher de 24 anos tentou adentrar ao local com cerca de 40 gramas de maconha e 10 gramas de crack escondidos nas partes íntimas

274

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Ipameri, pertencente à 4ª Regional Prisional Sudeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), interceptaram a entrada de aproximadamente 40 gramas de maconha e 10 gramas de crack, nesta sexta-feira, 14/06. Os entorpecentes estavam escondidos nas partes íntimas de uma visitante que estava no local para visitar seu companheiro que cumpre pena com base no artigo 157 do Código Penal Brasileiro.

De acordo com o diretor da UP, Renato Carneiro, por meio de acompanhamentos e monitoração, foi possível identificar atitudes suspeitas da mulher de 24 anos. Na ocasião, a visitante foi convidada pelos servidores a se dirigir ao hospital municipal de Ipameri para realização do exame de raio-x, para constatação dos fatos, procedimento pelo qual foram identificados os entorpecentes.

Diante dos fatos, os servidores encaminharam a mulher e o material apreendido à delegacia da cidade para as devidas providências. A direção da UP abriu procedimentos administrativos internos para apuração dos fatos em conformidade com a Lei de Execução Penal.

O rigor nos procedimentos realizados na UP que resultaram na interceptação compõe medidas estabelecidas pelo Governo do Estado em consonância com as políticas da Secretaria de Segurança Pública e da DGAP, que visam garantir melhorias ao sistema prisional goiano.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776