Servidores evitam a entrada de droga na UP de Senador Canedo

Após indagações, a mulher de 45 anos espontaneamente se propôs a retirar o entorpecente, que estava escondido nas partes íntimas

209

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Senador Canedo, pertencente à 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de uma visitante com 66 gramas de substância análoga a maconha, no presídio nesta sexta-feira, 09/08. O entorpecente estava escondido nas partes íntimas da mulher, que estava no local em dia de visita de familiares aos custodiados do presídio.

Segundo a supervisora do cartório, Sara Reis, após uma denúncia anônima, os agentes aumentaram o rigor na monitoração e identificaram a visitante com atitudes suspeitas. No instante da realização do procedimento de revista pessoal, a mulher de 45 anos foi indagada sobre a presença de algum ilícito, além de ser informada que teria que ser conduzida a Unidade Pronto Atendimento (UPA) para averiguações, momento em que, por conta própria, a visitante assumiu estar escondendo droga para ser entregue a um dos detentos da unidade.

A mulher, que é mãe de um dos custodiados do presídio, o qual cumpre pena com base nos artigos 155, 157 do Código Penal Brasileiro e artigo 33 da lei n º11.343 de agosto de 2006, prontificou-se a retirar a droga.

Diante dos fatos, os servidores deram prosseguimento nos procedimentos operacionais e a conduziram à UPA local para a confecção do laudo médico e, em seguida, encaminharam-na à delegacia para as devidas providências.

Um procedimento administrativo interno foi aberto para apuração do fato.

Fotos: DGAP

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776