Servidores evitam a entrada de celulares na Unidade Prisional Regional de Caldas Novas

A direção do estabelecimento penal abriu procedimento administrativo para apuração da ocorrência, em conformidade com a legislação

568

Servidores da Unidade Prisional Regional (UPR)de Caldas Novas evitaram a entrada de dois aparelhos celulares na unidade, nesta quinta-feira, 23/01, em dia de cobal – quando familiares e amigos são autorizados a levar alimentos e materiais de higiene a serem entregues para os custodiados. Os eletrônicos estavam escondidos em um vasilhame com fundo falso, sob posse de uma mulher – mãe de um dos custodiados do local e avó de outro apenado detido na unidade.

Segundo a direção do estabelecimento, o flagrante ocorreu durante o procedimento operacional de revista aos alimentos.

A direção da UP abriu procedimento administrativo para apuração do caso e, se necessário, aplicação de sanção disciplinar aos destinatários do material ilícito ao ambiente do cárcere, como determina a Lei de Execução Penal (LEP). A mulher, os dois familiares custodiados e os objetos apreendidos foram encaminhados à Polícia Civil para as demais providências necessárias.

A UP de Caldas Novas integra a 4ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP).

A eficiência empregada nos procedimentos operacionais executados pelos servidores penitenciários vai ao encontro das políticas penitenciárias do Governo de Goiás para a manutenção da segurança, ordem e disciplina nas unidades prisionais do Estado.

Fotos: DGAP

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726