Servidores evitam a entrada de celulares e drogas na UPR de Caldas Novas

O suspeito de realizar o arremesso dos itens por cima do muro do presídio conseguiu fugir do local sem ser identificado

58

Servidores da Unidade Prisional Regional (UPR) de Caldas Novas lograram êxito ao evitar a entrada de dois celulares e 300 gramas de substância aparentemente maconha no presídio, nessa sexta-feira, 07/08. O suspeito de realizar o lançamento dos materiais por cima do muro do ambiente prisional conseguiu fugir sem ser identificado.

Diante da interceptação, a direção do presídio abriu procedimento administrativo interno para apuração e identificação dos detentos destinatários dos objetos apreendidos, para posterior aplicação das sanções disciplinares, conforme expressa a Lei de Execução Penal (LEP).  Os materiais estão à disposição das autoridades policiais competentes para as providências cabíveis para as investigações necessárias que o caso requer.

A interceptação realizada na UPR que integra a 4ª Coordenação segue procedimentos estabelecidos pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública e a DGAP.

Fotos: DGAP
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial