Servidores do GEP e GIT participam do II Curso Básico de Atendimento Pré Hospitalar de Combate, em Brasília

12 agentes de segurança prisional da DGAP participam de aulas ministradas por instrutores da Escola Nacional de Serviços Penais

135

 

 

Servidores do Grupo de Escolta Penitenciária (GEP) e do Grupo de Intervenção Tática (GIT) da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) participam do II Curso Básico de Atendimento Pré Hospitalar de Combate realizado na Penitenciária Federal de Brasília (PFBRA). São 12 agentes de segurança prisional que estão recebendo instruções de docentes da Escola Nacional de Serviços Penais.

De acordo com o gerente de Ensino, Leandro Militão, o curso visa a implementação de um protocolo de atendimento prestados em situações de extremo perigo por servidores do sistema prisional goiano. Após finalização será disponível certificado de conclusão.

Segundo o coordenador operacional da Escola Superior de Administração Penitenciária (Esap), Sérgio Izaias, a oferta do curso proporciona aos servidores maiores qualificação refletindo na ascensão do comprometimento dos agentes prisionais, fatores que garantem a formação de multiplicadores capacitados e ágeis para diversos ambientes e situações.

Após conclusão do curso os agentes estarão aptos a identificarem riscos do território, neutralizar ameaças e prestar os devidos atendimentos para suporte a vida. “O curso ofertado para capacitação dos servidores garante a aplicação de diretrizes governamentais instituídas pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública e a DGAP, garantindo melhorias em ambientes prisionais”, ressalta Wellington Urzêda, Diretor-Geral da DGAP.

 

Fotos: DGAP

Comunicação Setorial 

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária

6232014726