Servidores da UPR de Santo Antônio do Descoberto interceptam arremesso realizado por ex detento do local

O suspeito de ter lançado 29 papelotes de substância análoga à maconha já cumpriu pena no presídio, em 2017

217

Servidores da Unidade Prisional Regional (UPR) de Santo Antônio do Descoberto, pertencente à Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram a entrada de 29 porções de substância aparentemente maconha no presídio, na manhã deste domingo, 29/03. Os entorpecentes foram lançados por cima do muro da UPR por um ex detento do local.

Segundo a coordenação regional, a interceptação ocorreu no instante em que os servidores avistaram um homem com atitudes suspeitas na proximidade do presídio. A ação resultou na prisão em flagrante do homem de 20 anos, que já cumpriu pena no presídio, em 2017, por roubo.

Ao avistarem o lançamento em direção a grade do banho de sol de uma das alas da unidade, de imediato, foi realizada a contenção do embrulho com os entorpecentes antes que os itens chegassem à destinação final.

Diante da situação, a direção da UPR encaminhou o jovem à Delegacia de Polícia Civil, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante. Os materiais apreendidos foram colocados à disposição das autoridades policiais competentes para os fins necessários.

A interceptação realizada pelos servidores reflete a aplicação de medidas de maior rigor na segurança penitenciária determinado pelo Governo do Estado.

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial