Servidores da Unidade Prisional de Itumbiara evitam a entrada de drogas no presídio

O entorpecente estava escondido no alimento achocolatado deixado por uma jovem

254

 

Servidores da Unidade Prisional (UP) de Itumbiara evitaram a entrada de substância análoga à maconha no presídio, nesta terça-feira, 07/01. O entorpecente estava escondido em um achocolatado deixado por uma jovem de 22 anos, irmã de um dos detentos que cumpre pena no local com base na Lei 11.343/2006-Lei de Tóxicos.

De acordo com a direção da UP, que integra à 4ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a interceptação ocorreu no momento em que os servidores plantonistas realizavam procedimento de revista nos alimentos deixados na Cobal- Dia em que familiares e amigos deixam mantimentos e produtos de higiene para serem entregues aos detentos.

Após a constatação da presença da droga, foi dado prosseguimento à ocorrência, com a condução da mulher à delegacia do município para as devidas providências.

O rigor nos procedimentos realizados pelos policiais penais, o qual resultou na interceptação, integra o conjunto de diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado, em consonância com a DGAP, para garantir o aumento da segurança nas unidades prisionais goianas.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62)3201-4726