Servidoras da UP de Itaberaí interceptam a entrada de maconha em dia visita no presídio

65 gramas de maconha estava com uma mulher que estava no local para visitar um dos detentos

149

 


Servidoras da Unidade Prisional (UP), de Itaberaí, pertencente à 2ª Regional Prisional Noroeste da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), interceptaram a entrada de 65 gramas de maconha no presídio, nesta sexta-feira, 07/06. O entorpecente estava escondido nas partes íntimas da mulher de 20 anos, que estava no local em dia de visita de familiares aos custodiados.

De acordo com o diretor, Genivaldo Ribeiro, as agentes plantonistas realizavam procedimentos de revistas pessoais, instante em que a banqueta detectora de metal acusou a presença do material. Ao ser indagada, a visitante sobre ter algum ilícito escondido, ela assumiu a prática do ato.

Segundo Ribeiro, após a retirada, pela própria visitante, do material escondido, as servidoras deram continuidade às medidas cabíveis e, imediatamente, a conduziram ao hospital da cidade para a confecção do relatório médico e, em seguida, encaminhada à Delegacia da Polícia Civil, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante.

A direção da UP que abriu procedimentos administrativos internos para averiguação do fato e aplicação das sanções penais cabíveis em lei. A droga foi entregue às autoridades competentes para as providências necessárias.

A interceptação é resultado da aplicação do rigor nos procedimentos operacionais; ação prevista em diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado em consonância com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a DGAP, proporcionando melhorias no sistema prisional goiano.

A mulher já está detida na UP e responderá por tráfico de drogas com base na lei 11343 de 2006.

Fotos: DGAP
Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62) 3201-4726
(62) 99858-4776