Policiais penais impedem fuga em massa de detentos da Unidade Prisional de Trindade

Plantonistas identificara um buraco feito em uma das celas do presídio. O local foi isolado para a reforma estrutural necessária

76

Agentes plantonistas da Unidade Prisional Regional de Trindade, pertencente à 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), evitaram uma possível fuga de 20 custodiados do presídio, neste domingo, 12/09. Os presos pretendiam evadir do local por um buraco perfurado embaixo das camas em uma das celas.

De acordo com a direção da unidade prisional, a frustração ocorreu durante a realização do procedimento de revista estrutural.  De imediato, os presos que estavam alojados na cela, foram remanejados para demais celas do presidio e o local foi isolado para os reparos estruturais necessários para a segurança da unidade.

Mediante ocorrência, procedimentos administrativos internos foram abertos para a apuração dos fatos e aplicação das sanções aos detentos envolvidos na tentativa, conforme determina a Lei nº 7.210 / 84- Lei de Execução Penal.  O material utilizado na perfuração está à disposição das autoridades policiais competentes para os fins cabíveis, na forma da lei.

A atenção dos servidores plantonistas com a segurança penitenciária reflete a aplicação de procedimentos operacionais padrão para o controle da ordem e a disciplina em unidades prisionais, conforme com as diretrizes determinadas pelo Governo de Goiás, no que tange à segurança penitenciária.

Fotos: DGAP

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial