Plantonistas flagram mulher tentando passar drogas dentro da esponja na CPP de Aparecida de Goiânia

152

Plantonistas da Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia evitaram, na tarde dessa quinta-feira, 30/09, a entrada de selos de papel com substância análoga à droga sintética K4 no presídio, durante a entrega de cobal. O entorpecente estava em uma esponja de banho que seria repassada para um detento que cumpre pena por tráfico de drogas.

De acordo com à 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a interceptação ocorreu no momento em que os servidores realizavam o procedimento de revista nos mantimentos deixados por familiares de custodiados.

De imediato, a direção do presídio conduziu a mulher de 45 anos à Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis. Procedimentos administrativos internos foram abertos e, após averiguações, serão aplicadas ao possível ao detento que é filho da mulher, as devidas sanções disciplinares em conformidade com a Lei de Execução Penal (LEP).

As apreensões estão à disposição das autoridades policiais competentes para os devidos fins, na forma da lei.

Fotos: DGAP

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária
Comunicação Setorial