Operação Integrada: mais de 100 pessoas presas e 3 mil abordagens realizadas em Goiânia

Ação aconteceu entre última sexta-feira, 06/05, e domingo, 08/05, e teve como objetivo manutenção do trabalho integrado das forças de segurança e fortalecimento do enfrentamento da criminalidade violenta.

78

A Operação de Atuação Integrada de Combate a Criminalidade Violenta, que aconteceu entre a última sexta-feira, 06/05, e domingo, 08/05, apresentou balanço com alta produtividade das forças de segurança. A primeira, de uma série de ações que vai acontecer em todo estado, foi deflagrada em Goiânia. Durante a ação pioneira, foram realizados 51 bloqueios policiais em pontos estratégicos da capital e mais de três mil abordagens.

O balanço positivo da operação contabiliza, ainda, mais de 100 pessoas presas, sendo 39 por mandado de prisão preventiva, 37 temporária e 33 em flagrante, por crimes como homicídio, latrocínio, roubo e tráfico de drogas. Além da condução de 62 pessoas monitoradas por tornozeleira eletrônica ao regime de prisão semiaberto em razão de descumprimento de ordem judicial. Os agentes de segurança pública também retiraram de circulação quase 100 quilos de entorpecentes, 14 armas de fogo e mais de 500 munições.

A proteção do direito do consumidor também fez parte da operação conjunta. As forças de segurança e salvamento, por meio da Polícia Civil, do Procon Goiás e Corpo de Bombeiros Militar, cumpriram de seis mandados de busca e apreensão em postos de combustíveis localizados na capital e região metropolitana. Os responsáveis pelos estabelecimentos foram autuados por publicidade enganosa e crimes contra marcas e patentes pela venda de combustíveis de procedência desconhecida, em que utilizavam de forma ilegal marcas conhecidas no mercado.

O resultado positivo da operação foi comemorado pelo secretário de Segurança Pública de Goiás Renato Brum, que destacou a importância da integração. “O segredo é esse: integração, sem vaidade”, disse. “O povo goiano merece essa segurança efetiva que estamos experimentando em todo o estado de Goiás e vamos continuar trabalhando firmes com esse foco de avançar contra a criminalidade”, garante o secretário.

Polícia Penal

A Polícia Penal, no âmbito da Operação Integrada, empreendeu ações operacionais de busca, fiscalização, inspeção e condução de condenados do regime semiaberto, que fazem o uso de tornozeleira eletrônica, com tipificação em crimes violentos e tráfico de drogas.

Durante os três dias, os servidores penitenciários conduziram 62 condenados. Sendo que todas as medidas administrativas foram tomadas pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária, sendo realizada a comunicação ao Poder Judiciário.

Secretaria de Estado da Segurança Pública – Governo de Goiás