DGAP divulga Plano de Comunicação para padronização de atendimento midiático institucional

A portaria que institui o instrumento de gestão estratégica da Comunicação Institucional foi assinada no dia 14/11 e está disponível no site da pasta

255

A fim de determinar as ações estratégicas para o fortalecimento da imagem, identidade e reputação da administração penitenciária no Estado de Goiás, a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) elaborou o Plano de Comunicação do sistema penitenciário goiano, instituído por meio da Portaria 419/2019, do dia 14/11, publicada no site do órgão (www.dgap.go.gov.br). O instrumento apresenta um conjunto de normas estratégicas e gerenciais que objetivam assegurar ações de planejamento, coordenação, supervisão, orientação comunicacional e, especialmente, disciplinar e padronizar a gestão da publicação das informações organizacionais, bem como estabelecer as normas para o atendimento padrão aos veículos de comunicação e mídias em geral, com foco nos públicos interno e externo.

O Plano de Comunicação da DGAP considera como fatores principais das normas nele contidas o interesse público da informação e seu caráter preventivo, educativo, social e de utilidade pública. Nesse sentido, o documento foi construído em obediência aos preceitos legais constitucionais e institucionais, como o Estatuto do Servidor Público de Goiás (Lei 10.460), a Lei Federal de Acesso à Informação (LAI – Lei 12. 527); os princípios constitucionais da Administração Pública (Art.37 da C.F/88), portarias que tratam da salvaguarda e proteção de informações no âmbito da esfera pública e no âmbito do sistema penitenciário; além do Procedimento Operacional Padrão (POP) do sistema penitenciário; entre outros de mesma relevância jurídica.

De acordo com a chefe da Comunicação Setorial da DGAP, a Agente de Segurança Prisional e jornalista, Flora Ribeiro, o plano impacta nos processos da gestão penitenciária como um instrumento estratégico para melhores resultados no campo comunicacional da organização. “Toda instituição séria e comprometida com os princípios da governança corporativa, que se pauta pelo planejamento estratégico para resultados, se preocupa com a elaboração de processos eficientes e eficazes de comunicação com o público interno e externo. No bojo da alta gestão estratégica da comunicação institucional, o ganho está no fortalecimento da imagem e construção da reputação organizacional. Uma instituição forte tem um bom planejamento de comunicação e isso tem sido a preocupação da DGAP”, explica ela.

Para o diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Wellington Urzêda, a organização e normatização dos processos de comunicação da administração penitenciária resultam em uma maior maturidade institucional. “A Comunicação é um dos processos mais importantes da gestão pública, por se tratar de como a instituição se apresenta para a sociedade e para o público interno, especialmente por meio dos veículos de imprensa e mídias em geral, e como ela presta contas do serviço público. O plano contém normas de padronização que orientam sobre o discurso e a postura institucional pautados pela conduta de Estado, o que retira a pessoalidade, a imaturidade e o amadorismo do comportamento institucional quanto à gestão das informações da administração”, explica. “Dessa forma, instituímos esse plano, pautado não só pelas diretrizes legais, mas também pela Política de Comunicação do Governo do Estado, considerando os princípios da governança e da ética, completa Urzêda.

A partir da publicação da Portaria 419/2019, por determinação do diretor-geral, a Escola Superior de Administração Penitenciária (Esap) realizará uma programação de ampla divulgação do Plano de Comunicação para os servidores do órgão, a qual será divulgada em breve. A estratégia de divulgação interna sobre o plano prevê também um curso de Mídia Trainning (treinamento para formação de porta vozes da instituição para atendimento à imprensa para os gestores da Administração Penitenciária) e ainda um planejamento de ampliação da capacidade de capilaridade de divulgação midiática das informações institucionais nas nove Coordenações Regionais Prisionais da DGAP.

O Plano de Comunicação da DGAP se constitui como o primeiro instrumento da Política de Comunicação da DGAP, no qual ainda constará de um manual de assessoria de imprensa para os gestores da instituição, planejamento para crise midiática entre outras ações que estão em estudos pelo órgão.

Comunicação Setorial
Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
(62)3201-4726