Comitê de Gestão de Crise da DGAP disponibiliza insumos para servidores penitenciários, no combate ao coronavírus, nesta quarta-feira, 25/03

Materiais estão disponíveis no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia para entrega aos coordenadores Regionais Prisionais da instituição

410

O Comitê de Gestão de Crise da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), instalado para o combate e controle da contaminação pelo coronavírus, disponibiliza a partir desta quarta-feira, 25/03, máscaras, álcool em gel, álcool 70% e outros insumos aos servidores penitenciários. Segundo o líder situacional do Comitê, Alex Galdioli, os materiais, adquiridos pela DGAP e também resultantes de doações diversas, estão à disposição dos coordenadores das nove Regionais Prisionais da instituição, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Os trabalhos realizados pelo Comitê da DGAP, criado nos último dia 19/03, está aberto a doações de insumos para distribuição aos servidores penitenciários, visando a segurança daqueles que continuam atuando nas frentes de trabalho da instituição para garantia da ordem e disciplina nas unidades prisionais do Estado.

Os materiais disponibilizados aos coordenadores regionais para distribuição contaram com a doação de máscaras, álcool gel, álcool 70%, óculos de proteção/segurança, insumos para fabricação de máscaras, entre outros, por parte da Associação dos Policiais Penais do Estado de Goiás (Asppego), Sindicato dos Servidores do Sistema de Execução Penal do Estado de Goiás (SinsepGO), empresas parceiras e de várias entidades no interior do Estado, em gestão conjunta às Regionais Prisionais da DGAP, além de aquisições do próprio órgão com recursos públicos.

O diretor-geral de Administração Penitenciária, coronel Agnaldo Augusto da Cruz, ressalta que os materiais arrecadados e disponíveis à distribuição têm uma finalidade importante. “As contribuições que temos recebido são fundamentais para o reforço na garantia da saúde do servidor, que tanto tem se empenhado nas suas funções honrosas para controle da ordem no cárcere e combate à transmissão do coronavírus”, ressalta.

O Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP prevê, dentre outras ações, o monitoramento da situação de saúde dos servidores com a atuação reativa e proativa para resguardá-los; a disponibilização de linhas telefônicas de plantão para o esclarecimento de dúvidas dos servidores; e empenho em orientações permanentes quanto aos procedimentos de minimização de riscos de forma direta – com equipes multidisciplinares que começaram os trabalhos pelo Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia e que vão às unidades prisionais do interior do Estado -; além de informes permanentes nas redes sociais e site da instituição, entre outras ações em desenvolvimento.

O Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP para o enfrentamento ao coronavírus no sistema penitenciário, com foco no servidor penitenciário, está em consonância com o plano de ações do Governo de Goias para o controle da contaminação do coronavírus em Goiás, e é composto por servidores das seguintes áreas: Superintendência de Segurança Penitenciária, Superintendência de Gestão Integrada, Superintendência de Reintegração Social e Cidadania, Comissão de Direitos Humanos do Servidor Penitenciário, Gerência de Gestão e Acompanhamento de Pessoas, Gerência de Inteligência e Observatório, Comunicação Setorial e o Diretor-geral, Coronel Agnaldo Augusto da Cruz.

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial