Ação dos servidores do Semiaberto de Aparecida de Goiânia resulta na frustração de possível fuga de detentos do local

Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração dos fatos e aplicação as sanções disciplinares aos custodiados envolvidos na ocorrência

138

A ágil ação dos Servidores da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto de Aparecida de Goiânia resultou na frustração de possível fuga de detentos da unidade, na noite desta quinta-feira, 04/06. Procedimentos administrativos internos foram abertos para apuração do fato e aplicação das sanções disciplinares aos custodiados envolvidos na ocorrência.

Segundo a direção da unidade, que compõe a 1ª Coordenação Regional Prisional da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), a frustração ocorreu no instante em que servidores identificaram barulhos diferentes emitidos de uma das alas do local.

De imediato, os plantonistas deram início aos procedimentos operacionais padrão identificando um buraco na parede de uma das celas. Houve a contenção dos presos para as medidas necessárias pós frustração. Após laudo periciais, o local passará pela devida reforma.

A direção da unidade comunicou o fato à Polícia Civil do município para as investigações necessárias que o caso requer.

O rigor na segurança penitenciária compõe o conjunto de determinações do Governo do Estado, em consonância com a Secretaria de Segurança Pública, para a administração penitenciária em Goiás.

Fotos:DGAP

Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP)
Comunicação Setorial